{ Dicas DIY } Brincos para orelhas sensíveis

Não há mulher que não goste de acessórios, é ou não é verdade? E eu não sou excepção, como já antes o disse por aqui. Os brincos estão entre os meus acessórios favoritos, especialmente no inverno, em que raramente uso pulseiras e muitas vezes não uso colares (quando uso cachecóis ou camisolas com golas altas/largas), e por esta razão sinto que posso arriscar usar uns brincos mais “arrojados”. No entanto, as minhas muy estimadas orelhas nunca partilharam deste meu gosto e fazem questão de o lembrar sempre que decido sair de casa com brincos. O que significa, basicamente, que nunca chego ao fim do dia com eles postos, tal é o rol de inflamações várias que se apoderam das ditas. Acho que sempre foi assim e nos últimos anos tem vindo a piorar. Tenho orelhas de rica (de ouro para cima as sonsas já não se queixam) mas falta-me a carteira a condizer, por isso há dias decidi improvisar: escolhi meia dúzia de pares que para aqui tenho e resolvi alterá-los por forma a conseguir usá-los.

Ora logo agora que os brincos statement estão na moda eu lá ia deixar passar a oportunidade de adquirir novos pares? Era o que faltava!

Por isso, se sofrem do mesmo mal que eu, não deixam que as vossas orelhas vos vençam e tomem nota da dica: eliminem os ganchos de enfiar na orelha e substituam-nos por molas. Só precisam disto aqui em baixo e de um bocadinho de imaginação porque, em alguns casos, pode ser necessário acrescentar mais qualquer coisa para cobrir a parte metálica das molas. Mas não se preocupem se acharem que não conseguem, uma cola boa e meia dúzia de missangas podem ser o que basta para o efeito.

Em menos de 5 minutos ficam com brincos renovados e livram-se das alergias de uma vez por todas (e a parte feia da mola fica na parte de trás da orelha, por isso ninguém vai notar a diferença). Agora a parte difícil vai ser controlarem-se na aquisição de novos pares!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 thoughts on “{ Dicas DIY } Brincos para orelhas sensíveis

  1. linda, não consegues por as fotos maiores? devo tar a ficar cegueta mas nao consigo ver o suficiente para perceber bem a coisa :P

    olha, as minhas orelhas sao ainda mais chiques, uma vez que só gostam de determinados quilates de ouro… a certas combinações tambem torcem o nariz. as chiques lol mas vá, ainda se aguenta umas horas, já um dia inteiro fica complicado sim.

    1. no próprio post não :(
      mas experimenta clicar nas imagens, elas aumentam sempre um bocadinho. tenho evitado pôr muito maiores porque depois também ficam mais pesadas e o servidor onde o site está alojado já não é propriamente a coisa mais rápida do mundo! mas vou passar a incluir um descrito dos vários passos mais detalhado, achas que ajuda?
      de qualquer forma neste caso concreto o que tens de fazer é, com o alicate, cortar o “pico” que é introduzido no furo da orelha (ou o gancho, se for esse o caso) o máximo que conseguires. Depois colas a superfície interior do brinco à superfície exterior da mola e está feito!
      Usei cola tudo neste caso mas acho que a cola quente (aplicada com pistola) poderá ser melhor porque mais facilmente cobre as irregularidades do brinco que podem dificultar a colagem.

      já não experimento brincos de ouro há alguns anos, às tantas também já estou como tu! ahah

      estas molas são uma boa solução para brincos que não sejam muito pesados e que tenham uma supercíficie que possa ser colada na mola. não dará para todos os casos, mas ja cobre uma grande parte!

  2. Olá! Vim agradecer por esta rica informaçao :). Eu adoro brincos e tornei me alergica à muito tempo a qualquer brinco de furo e é impossivel usalos, sendo assim já os poderei usar, mt obrigada ^^.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *