Diy Home / drawer pulls

Há já algum tempo que precisava de comprar um móvel pequeno para arrumar uma série de coisas que nunca tiveram propriamente um lugar certo para estar, e que fazem maioritariamente parte do universo “lavandaria e engomadoria” (universo esse com que sempre tive uma espécie de relação amor-ódio porque gosto muito de ter tudo limpo e engomado, mas é o género de coisa em que tenho muita dificuldade em organizar-me).
Finalmente, há uns dias atrás, encontrei um que conjuga na perfeição os meus requisitos mínimos (leia-se simples, pequeno e barato). Mas como eu acho que mesmo um móvel que vai ficar meio escondido e que vai servir para arrumar cabides, molas e outras coisas que tais pode ser divertido, decidi dar-lhe um toque pessoal (igualmente simples, pequeno e barato). Tão simples quanto forrar os puxadores com washi tape.

show-me-pretty-diy-ikea-drawer-pulls-washi-tape1

Vantagem da washi tape (ou porque optei, por exemplo, por não pintar os puxadores) : simples e rápido de aplicar; simples e rápido de retirar, se me fartar.

show-me-pretty-diy-ikea-drawer-pulls-washi-tape

 

show-me-pretty-diy-ikea-drawer-pulls-washi-tape2

show-me-pretty-diy-ikea-drawer-pulls-washi-tape3

 

(O móvel é o modelo RAST, da Ikea).

 

Join me @ Instagram / Facebook / Pinterest

My DIY home office wall

E ao décimo dia deste 2014, vamos ao primeiro DIY do ano: a parede do meu pequeno escritório caseiro (leia-se canto da sala à janela).
Se quiser ser rigorosa ele foi, antes, o último do ano que terminou, mas entre festas e férias acabou por só ser finalizado há dias. Quem me acompanha pelo Instagram teve oportunidade de ver um pequeno preview que já revela bastante do que optei por fazer, mas hoje – para além do tutorial, claro! – trago-vos as imagens do todo.

show-me-pretty-home-office-wall-9Como é apanágio por estas bandas, é um projecto bastante simples, económico e fácil de fazer (a parte chata é esperar que a tinta seque, sobretudo quando se opta – como foi o meu caso – por repetir o processo mais de duas vezes).

show-me-pretty-home-office-wall-diy

A washi tape não é barata, mas tenho imensa aqui em casa (o frasco transparente que tenho na secretária não me deixa mentir) e tenho de começar a dar-lhe (mais) uso. Mas se quiserem replicar a ideia e não vos apetecer comprar a fita, podem usar tinta colorida ou verniz das unhas, por exemplo. Antes de optar por usá-la experimentei pintar os rebordos com verniz das unhas (uma marca barata que encontrei numa ‘loja de chineses’ com cores neon) e posso dizer-vos que resulta bastante bem e só não ficou assim porque não gostei de ver aquela cor na parede.

show-me-pretty-home-office-wall-8No geral fiquei bastante satisfeita com o resultado, sobretudo porque acho que consegui um bom compromisso entre simplicidade/discrição e funcionalidade.

(As bases de cortiça são da Ikea; fixei-as à parede com fita bi-adesiva da Tesa que podem encontrar em hipermercados ou lojas de bricolage e decoração).

PS – Quando for grande quero ter um monitor branco para ligar ao portátil. E se pudesse não ter fios, melhor ainda.

To all my foreign readers: I am sorry for writing only in portuguese for the last few months, but most of the times I really can’t find the time to write in english as well. Nevertheless I want you to know that I am currently working on the translation of all the diy posts. I really appreciate the fact that you still visit and comment my blog, and the best way to thank you for that is writing in english as well. Thank you for understanding.

DIY Natal / Quadro Natalício

E já é, novamente, aquela altura do ano (bolas, que este ano passou mesmo a voar!). Penso que o ano passado já tinha partilhado convosco que o espírito natalício tende a demorar a instalar-se por estas bandas. Nunca acontece antes de Dezembro e, normalmente, só aparece mesmo em cima do acontecimento.
Mas quando isto acontece comigo está tudo bem. É normal. Ninguém está à espera que seja de outra forma. Já quando acontece com a minha amiga Joana – que é, muito provavelmente, a pessoa que eu conheço que mais gosta do Natal – algo está errado e têm de ser postas em acção medidas drásticas. E é por isso que, em jeito de quem pede ao espírito natalício para que se apresse, este ano declaro aberta a época natalícia de DIY em pleno mês de Novembro.

O projecto DIY inaugural já mora cá em casa desde o ano passado mas, não sei bem porquê, não cheguei a partilhá-lo convosco. Por isso parece-me justo que este ano comecemos por ele.

show-me-pretty-xtmas-frame-diy

Para ajudar (ainda mais) a sintonizar o espírito do Natal, sugiro que tentemos acompanhar o HOW TO com este álbum aqui ao lado. (Eu disse “tentemos”, ok? No pressure ;)). Vamos a isto!

show-me-pretty-christmas-frame-diy

1. Marcar a posição que pretendem que os objectos tenham dentro da moldura (porque vai determinar o espaço no vidro onde poderão escrever) e colá-los;
2. Escolher uma imagem para utilizar como fundo e cortá-la do tamanho da moldura (a imagem que utilizei foi encontrada numa pesquisa no google; podem também usar cartolina preta e fazer pequenas pintinhas bancas ou mesmo colar pequenas pedras brilhantes; ou usar outra imagem/fotografia/padrão que prefiram); sugiro que usem um pouco de fita-cola ou mesmo de cola para ajudar a fixá-la à parte de trás da moldura;
3. Escrever a frase no vidro e deixar secar. A técnica para o fazer é a que já demonstrei neste DIY para o Dia dos Namorados (que também dá um belo presente de Natal!);
4. Montar a moldura e, antes de a fechar, deitá-la numa superfície com o vidro para baixo e deitar os flocos cintilantes lá para dentro (já não tenho flocos – por esse motivo é que eles não aparecem na imagem – mas podem ver os que usei neste projecto de Natal que partilhei o ano passado) com cuidado (estes pequenos flocos aparentemente inofensivos colam-se a tudo e espalham-se por todo o lado muito facilmente e não são fáceis de limpar);
5. Fechar a moldura e já está!

Gostava de vos poder mostrar a imagem que me inspirou para fazer este projecto, mas não estou a conseguir encontrá-la. Se a encontrar entretanto actualizarei este post.

(Tanto os pequenos pinheiros, como os cogumelos, como os flocos foram comprados no Aki. Recentemente também vi cogumelos destes à venda na Tiger.)

DIY / Vaso forrado a tecido

A ideia inicial era fazer dois ou três frascos iguais a estes, para encher de canetas e lápis e marcadores e coisas que tais. Mas, num exercício de pseudo-minimalismo (acrescento-lhe o pseudo porque eu sou uma pessoa de objectos, de apegos emocionais a coisas, por isso estou longe de ser minimalista), fui obrigada a admitir que, neste momento, não preciso de mais organização para canetas. A que tenho é mais do que suficiente e, quando deixar de ser, isso só pode significar que tenho canetas a mais (que tenho) e não organização a menos.

Mas como o apelo do DIY foi mais forte do que o meu esforço pseudo-minimalista, e eu tenho uma espécie de incapacidade crónica de seguir uma receita até ao fim sem inventar qualquer coisa pelo meio (válido para a culinária e para o DIY) optei por aplicar a técnica a um copo de uma vela Tindra do Ikea (tenho sempre velas destas em casa – muito úteis quando se tem uma casa pequena e os cheiros da cozinha tendem a escapar para fora dela – e fico sempre com os copos, que dão belas jarras, vasos e taças para sobremesas).  E assim nasceu o novo vaso de um dos meus cactos.

show-me-pretty-lined-pot-plant-4Confesso que não adorei o resultado, mas penso que isso tem muito a ver com o tecido que escolhi. Um tecido mais colorido e com um padrão menos geométrico/óbvio ou mais “preenchido” (como os do projecto original) teria, seguramente, resultado melhor. Este tecido, sendo bonito (não me canso dele no quadro que bordei há uns tempos), acaba por ficar aqui com um aspecto ligeiramente deslavado e torna demasiado óbvias as tiras de tecido.

Se quiserem reproduzir o DIY sugiro-vos também que não diluam tanto a cola como é sugerido no tutorial. Diferentes marcas de cola levarão, seguramente, a resultados diferentes, mas senti que com um pouco menos de água o resultado final teria sido melhor.

Seja como for, valeu pela experiência. E hei-de voltar a experimentá-lo com um tecido mais “animado”!

{ DIY TIPS } Vaso personalizado // Dotted pot plant

(scroll down for english)

Facto 1. A minha amiga Joana mudou de casa.
Facto 2. Tenho um fraquinho por plantas em geral (e ela também lhes acha piada).
Logo, da primeira vez que vou a casa dela, que presente decido comprar para assinalar a mudança e que é, simultaneamente, para ela e para a sua nova casa? Uma planta, claro. Neste caso uma suculenta, plantas de (relativamente) fácil manutenção e que adoro de paixão.

show-me-pretty-dotted-vase-1

E como por aqui se sofre de um síndrome agudo de do-it-yourself-ite (mais uma palavra para a família do DIY!), não fui capaz de me limitar a oferecê-la tal como a comprei e tive de lhe dar um toque especial. Ou vários toques especiais… sob a forma de pequenas bolas, para ser mais precisa.

show-me-pretty-dotted-plant-pot-diy-tutorialSimples, demora 10 minutos a fazer e fica-se com um vaso único e totalmente diferente do original. Fiquei feliz com o resultado e acho que ela também :)


Fact 1. My dear friend Joana has just moved to a new house.
Fact 2. I have a thing for plants (and she also likes them).
So, can you imagine what I decided to buy to offer her the first time I went to her new house? That’s right, one beautiful plant. A succulent, to be more precise (I love these plants!)

And since I suffer from this huge DIY syndrome; I obviously had to think about something to make it more personal and unique and fun. And what can be more fun that small dots? Nothing!

Very simple, fast and easy to make. I loved the outcome, and so did she :)

Porta-cartões DIY // DIY Plastic card holder

(scroll down for english)

Para quem me lê há mais de um mês, o projecto que hoje partilho não será propriamente uma novidade. Fi-lo há algum tempo, a propósito de um guest post que escrevi para o belíssimo blog da Allisa Jacobs, o Quiltish (toca a ir espreitar se ainda não conhecem!). Mas como todos os dias há alguém que se junta a nós na página de Facebook do Show me Pretty, e como já passou algum tempo desde a publicação no Quiltish, decidi publicá-lo hoje aqui, para quem não teve oportunidade de o ver.

show-me-pretty-diy-plastic-card-holder

Trata-se de um projecto muito simples, rápido e fácil de executar, e que não exige nenhum material que não possam facilmente ter em casa. Além disso é especialmente útil para quem, como eu, acumula cartões de fidelização de tudo o que são lojas e, simultaneamente, não gosta de andar com carteiras muito pesadas e cheias de tralha, mas também não gosta de perceber que não tem os ditos cartões consigo quando precisa deles.

show-me-pretty-diy-plastic-card-holder-how-to

Por isso mesmo, este porta-cartões (que anda comigo desde o dia em que o fiz!) tem dado imenso jeito, é super leve, e continua impecável. A única coisa que daqui a uns tempos deve precisar de substituição é a washi tape, que com o uso vai-se desgastando. Fora isso, digo-vos sinceramente, bendita a hora em que me lembrei disto!

Do you know those moments when you just don’t feel like carrying around a big heavy tote filled with things you don’t need (but carry around anyway, just in case)? I have to admit that I have always been a fan of huge bags and wallets. But lately I started to realize that there’s this feeling of freedom attached to carrying just a few things with me: the few ones that I truly need and nothing else. So, besides getting rid of some things, I also designed this very simple and easy to make card holder and gave my old heavy wallet a rest.

(This project was developed by me for a guest post I wrote for Quiltish, the beautiful Allisa Jacobs’ blog, that you absolutely must see!)

{ DIY TIPS } Botas renovadas // Studded boots

(scroll down for english)

As tachas que comprei para fazer o tapete de rato que partilhei convosco há uns dias têm-se revelado muito versáteis. Gosto particularmente delas porque não têm um aspecto demasiado ‘agressivo’, são muito fáceis de aplicar e são impactantes q.b. para dar um toque diferente aos objectos em que são aplicadas.

O projecto que vos trago hoje já andava na minha cabeça há algum tempo. Mas como também andava, muitas vezes, nos meus pés, acabei por ir adiando. Porquê nos meus pés? Porque estou a falar de umas botas.

show-me-pretty-studded-boots

Sabem aquele calçado em que pegam quando não vos apetece pensar muito no assunto e só querem é sentir-se como se estivessem de pantufas? É disso que estou a falar! Estas são as botas mais confortáveis que tenho e, por isso mesmo, têm muitos quilómetros em cima e começam a dar sinais de cansaço: começam a ficar deformadas, a sola meio gasta, a pele cheia de imperfeições, e um aspecto que, muitas vezes, levaria a crer que andei na guerra com elas. Mas como, apesar de tudo isto, continuam muito confortáveis, decidi fazer-lhes uma pequena transformação, numa tentativa de fazer com que durem mais tempo. Como já perceberam, as tachas deram uma grande ajuda no processo.

show-me-pretty-studded-boots

E quem diz botas, também diz cintos, malas ou mesmo peças de roupa. Se acham piada a tachas (e elas existem quase em todas as cores e feitios!), experimentem olhar para o vosso roupeiro e perceber onde podem aplicá-las. Vão ver que ficam com a sensação de ter acabado de ir às compras, com a vantagem de terem gasto apenas cerca de 1€ (o preço de uma embalagem de tachas)!

I can’t get enough of the studs I used in my studded mousepad project. I like the way they look (not too aggressive), the way they are attached (very easily) and especially the way they can make anything look different and interesting.
Anyway, today I want to share a project I’ve been thinking about for a long time. You know those shoes that make you feel like you’re walking in slippers because of how comfortable they are? These boots are like that and I put them on every time I can, which means we’ve walked many many miles together. Because of that my dear comfy boots are starting to look tired and old. But they still manage to never let me down, so I’ve decided to do a little makeover to make them look prettier and because of that, hopefully, also make them last longer. As you might have guessed by now, the studs helped me in the process.

And another thing I haven’t told you about these studs is how versatile they are. I’ve used them on these boots, but it’s very easy to find other objects where you can attach them. I’m thinking about belts, bags and also pieces of clothing. If you like studs, why don’t you try to take a look at your closet and think about where you could use them? I promise you will feel like you went shopping, and all you really have to buy is a small bag of studs!

{ DIY home } Studded mousepad // Tapete de rato com tachas

(scroll down for english)

Ando há imenso tempo a pensar fazer um tapete para o rato. Tenho dois ou três aqui por casa, que vou trocando à medida que a superfície vai ficando menos lisa, mas há uns dias, quando ia trocar o que estava a usar e percebi que nenhum deles assentava de forma perfeita sobre a secretária, percebi também que era tempo de meter mãos à obra.

show-me-pretty-studded-mousepad

Já tinha feito uma pesquisa há uns tempos e tinha ficado com este debaixo de olho, mas a verdade é que não me apetecia gastar muito dinheiro e perder muito tempo com isto. Mas o resultado, claro, tinha de me encher as medidas. A ideia surgiu-me quando andava à procura de PVC transparente e, ao atravessar a secção de cozinha de uma loja de decoração, esbarrei com uma série de bases para tachos feitas de cortiça. Nesse instante soube exactamente o que queria fazer, e agora vocês também sabem, e também o podem fazer :)

show-me-pretty-diy-studded-mousepad

I’ve been thinking about doing a mousepad for a while now. I have a few at home and all of them have endless hours of mouse work on their shoulders (or at least they would if they had shoulders!), which means none of them is in a very good shape (literally). A few days ago, when I was about to substitute the one I was using for another one, I finally realized it was time for some diy.

I had already made some research and I absolutely loved this suede and golf leaf polka dot mousepad, by Lovely IndeedBut the truth is that I didn’t want to spend much money and time on this, even though I would have to make something that would make me feel happy. So, i’ve come up with this idea while I was searching for some transparent PVC, and crossed the kitchen department of this home decoration store and found myself in front of a set of cork trivets. From that moment I knew what I wanted to do, and now you do to, and you can also do it  :)

I’M MESSY AND I KNOW IT: organizing meals

(scroll down for english)

show-me-pretty-recipes-cards-back

Foram precisos dois meses (a propósito, alguém me explica como é que já estamos no terceiro mês do ano?) mas, finalmente, comecei a concretizar a minha intenção de organização no que às refeições diz respeito. Arranjei uma caixa (que hei-de pintar futuramente), desenhei e imprimi os cartões para as receitas, fiz separadores para os dividir (a partir de uma caixa de sapatos que estava prestes a ir para o lixo) et voilá!

show-me-pretty-recipes-cards-front

Agora só falta começar a organizar as receitas e, depois disso, a planear as refeições semanais. Devagar se vai ao longe, não é verdade? E eu hei-de lá chegar, nem que sejam necessários mais dois meses.

show-me-pretty-recipes-cards-detail-back

show-me-pretty-recipes-cards-box-insideshow-me-pretty-recipes-cards-folders

show-me-pretty-recipes-cards-box

E como as coisas boas são para partilhar, deixo-vos os cartões que desenhei (frente e verso), para poderem utilizar. É só clicar em cada uma das imagens para abrir no tamanho máximo, fazer save as e imprimir :)

Ah! E entretanto criei um novo board no Pinterest, espreitem-no aqui.

cartao_receitas_azul_verso

cartao-receitas-rosa-verso

cartao_receitas_verde_verso_EN

cartao_receitas_azul_PT

cartao_receitas_rosa_PT

cartao_receitas_verde_PT

It took me two months (by the way, can someone, please, tell me how is it March already?) but I finally started to organize myself when it comes to meals. I found a box (that I plan to paint one of these days), designed and printed recipes’ cards, made some folders (using an empty shoes’ box that I was about to throw away), et voilá! Now I just have to start writing and organizing the recipes and planning the week meals. One step at a time, right? I’m doing it slowly, but I’ll get there, even if it takes me two more months.

And because all the good things should be shared, here’s the cards I designed (front and back). Just click them to get the full size, save them in your computer and print them :)

cartao_receitas_azul_EN

cartao_receitas_rosa_ENcartao_receitas_verde_EN

Oh, I also created a new Pinterest Board, check it out clicking here.

{ DIY Tips } Washi tape mobile phone cover

show-me-pretty-washi-tape-mobile-phone-cover

Já a pensar na colecção Primavera/Verão, o meu telemóvel também resolveu renovar o guarda-roupa. O que vos parece?

With the Spring/Summer collection in mind, my mobile phone decided to do some DIY for new clothing. What do you think?

show-me-pretty-mobile-phone-washi-tape-cover copy

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...