Viagem para o Alentejo // Driving from Lisbon to Alentejo

(scroll down for english)

A viagem para o (meu) Alentejo, que faço em média 2 vezes por mês, é chata de se fazer. Não vale a pena fingir que não é e pintar de cor de rosa os cerca de 170 Km daqui até lá. O trânsito não é particularmente intenso mas é chato (abundam os camiões, máquinas agrícolas e condutores de fim-de-semana), o piso já teve dias melhores (desde que circular na A23 se tornou proibitivo é ver os buracos somarem-se) e ainda são duas horas para cada lado e, gostando eu de conduzir, não consigo evitar pensar que é tempo que podia alocar a coisas mais interessantes. Por isso faço quase sempre a viagem em piloto automático (eu, não o carro), focada na música que vou a ouvir e no tempo que falta para chegar.

show-me-pretty-alentejo-lisboa5

show-me-pretty-alentejo-lisboa2

show-me-pretty-alentejo-lisboa7

Mas há dias em que a pressa se esquece de fazer a viagem comigo, e quando desligo o modo automático e me foco no que tenho à minha volta, a vontade de parar para respirar, absorver e fotografar é maior do que a vontade de chegar rapidamente.

show-me-pretty-alentejo-lisboa6

show-me-pretty-alentejo-lisboa

Confesso que, nestas viagens mais contemplativas, ficava sempre frustrada quando chegava a casa e olhava para as fotografias porque aquilo que se vê e se sente nunca mas nunca se consegue captar e mostrar numa fotografia. Mas aprendi a aceitar este facto como incontornável porque sei que para conseguir fazê-lo teria de ser capaz de fotografar o cheiro daquela terra, porque cada vez mais me convenço que é o seu cheiro que a torna verdadeiramente única.

show-me-pretty-alentejo-lisboa3

show-me-pretty-alentejo-lisboa4Por isso deixo-vos algumas imagens e um convite para irem até lá absorver o que falta aqui :)

Even though I’ve been living in Lisbon for more than 10 years, I’m from a part of the country called Alentejo. And not only because a very important part of my family lives there (my parents and grandmothers) but also because I love that region/place with all my heart, I drive there two times a month.
I love being there but the driving is kind of boring: it takes me about two hours to get there and, don’t get me wrong, I really like do drive, but I can’t help but think I could make a better use of those hours!
But every now and then I really enjoy the journey and don’t mind spending more than two hours doing it. I stop here and there, I admire the beautiful landscape, I breathe that amazing and unique air and, of course, I take lots and lots of photos. I am aware of the fact that the scenery I capture with my camera is somehow different from the one you get to feel and experience being there. Because no matter how great the photo is, I will never be able to capture the smell, the noises, the emotions that amazing place makes you feel. But I’m ok with that (I wasn’t in the beginning, but I am now). And that’s why I share these photos with you and invite you to come see it with your eyes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 thoughts on “Viagem para o Alentejo // Driving from Lisbon to Alentejo

  1. maravilhoso! adorei as fotografias, as cores e o calor das mesmas! percebo o que dizes também e de facto às vezes as viagens tornam-se mais interessantes pelo que vemos durante o caminho e não tanto à chegada. claro que neste caso, e deduzindo que visites a tua família, tal não aconteça, mas ainda assim, em vez do piloto automático, é a vez da beleza exterior ao teu carro te forçar a parar. uma viagem muito bonita sem dúvida! e curiosamente estive em montargil pela primeira vez o ano passado num casamento de uma das minhas melhores amigas! adorei!

    1. tens toda a razão. e eu, neste caso, sou uma sortuda porque tanto interessa a viagem como o destino. tenho de parar mais vezes, definitivamente!
      montargil fica a menos de meia hora da minha casa lá:))

  2. para quem vê de fora, quase se sente o cheiro… por isso acho que consegues passar muito bem a imagem que tens do teu alentejo… :) (quero ir contigo!)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *