E se eu ganhasse o euromilhões?

about

Hoje durante a tarde, enquanto trabalhava, a pessoa com quem estava falou sobre ganhar o euromilhões. No momento em que o ouvi acho que não processei logo a informação mas um minuto depois foi como se, de repente, aquela improbabilidade pudesse ser provável para mim (talvez por não jogar acho que nunca tinha parado para pensar a sério no que faria se uma coisa assim me acontecesse) . “Bolas… ganhar o euromilhões… ia inscrever-me num curso de fotografia em Nova Iorque e não fazia mais nada a não ser fotografar até ao fim da vida”. (Nova Iorque é a parte que é capricho de milionária.)

Porque logo que me liberto das mil coisas que obrigatoriamente enchem os meus dias, a minha cabeça enche-se do verbo fotografar. E sim, quando penso no que me faz o coração bater mais depressa (sem ser por estar à beira de uma síncope cardíaca induzida pelo stress, como acontece com alguma frequência) penso na felicidade que invariavelmente sinto quando tenho a possibilidade de acompanhar e registar em fotografias momentos especiais na vida de pessoas que provavelmente nunca viria a conhecer de outro modo. E porque há já algum tempo que deixei de ter dúvidas sobre o que quero ser e fazer. Apenas vivo na urgência de conseguir lá chegar.

Join me @ Instagram / Facebook / Pinterest

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *