{ DIY FOOD } Rita Mess

Não sou, nem de longe, a maior fã de coisas doces do mundo. Gosto de uma guloseima de vez em quando, mas faço parte daquele grupo de pessoas (que representa uma percentagem mínima da população, parece-me) que comem duas colheres de um qualquer doce e ficam enjoadas e que raramente fazem um bolo porque metade acaba por ir para o lixo.

Mas, dizia eu, de vez em quando apetece-me. E sendo eu uma pessoa que gosta muito de comer e de cozinhar, sou também uma pessoa que não gosta de perder muito tempo na cozinha e, portanto, rápido e prático são palavras de ordem por estes lados. E mais rápido e prático do que a receita que hoje vos trago, garanto-vos, só mesmo comprando feito (e mesmo assim tenho dúvidas!).

show-me-pretty-rita-mess-recipe-2

Num momento de puro egocentrismo resolvi baptizar este doce com o nome de Rita Mess, ou não fosse ele a minha interpretação da famosa sobremesa inglesa Eton Mess.

show-me-pretty-rita-mess-recipe-1

Faz-se em 5 minutos e, idealmente, deve ser comido poucas horas depois de ser feito e refrigerado durante duas ou três horas (embora aguente pelo menos um dia no frigorífico- nunca experimentei mais do que isto -, não sabe tão bem).

show-me-pretty-rita-mess-recipe-3

Desta vez usei apenas framboesas, mas normalmente misturo também amoras e mirtilos e também já experimentei fazer com morangos. Qualquer que seja o fruto vermelho escolhido, o resultado é sempre o mesmo: de-li-ci-o-so! E, para ajudar à festa, também é bonito (taça transparente é, portanto, obrigatória; esta que usei é, mais uma vez, uma vela Tindra da Ikea convertida noutra coisa).

Salada de arroz “com coisas”

(scroll down for english)

Nada me faz ter mais vontade de mudar a minha alimentação toda de uma ponta à outra como a mudança drástica de temperatura (seja para o lado do calor, seja para o do frio).O que significa que, agora que chegou o Verão (chegou, não chegou?), só consigo pensar em coisas leves, frescas, descomplicadas e (ainda mais) rápidas de fazer. Aqui entre nós, devo dizer-vos que desde que regressei de Inglaterra só consigo pensar em melancia mas, azar dos azares, nunca a encontro quando passo pelo supermercado. Por isso, tenho tentado colmatar este desejo por cumprir com refeições frescas, saborosas e que têm sabor a Verão em todos os ingredientes.

show-me-pretty-salada-de-arroz-receita

Neste registo, uma das minhas refeições favoritas para esta altura do ano (e que foi ontem o meu jantar) é uma salada de arroz que aprendi a fazer com a minha mãe. Chamo-lhe “salada de arroz com coisas” porque os ingredientes variam consoante o que tenho em casa. A base é sempre a mesma (esta que vos mostro aqui em baixo), mas podem somar-lhe inúmeras variantes: milho; salsichas; bocadinhos de fiambre aos cubos,…, a imaginação é o limite, desde que no fim tudo bata certo e o resultado da soma seja uma refeição saborosa e fresca.

show-me-pretty-receita-salada-de-arroz

Normalmente nunca faço quantidade para uma só refeição (conservada no frigorífico aguenta pelo menos 3 dias) e seja como prato principal ou como acompanhamento, é uma daquelas receitas que nunca desilude e me deixa sempre feliz. Ora experimentem e vejam se não tenho razão!

When seasons change, the first thing I feel like changing in my daily life (despite my wardrobe) is what I cook and eat.
The weather as been crazy here in Portugal for the last few months. We are known for being a very sunny country, but this year things have been quite different. We almost didn’t have spring and until a couple of weeks ago we kept wearing our coats and, sometimes, even our umbrellas. And then, over night, summer arrived and the temperatures are always above 30ºC. With all this heat, I can only think of fresh, colourful (and easy to prepare) food.
One of my favourites for this time of the year is this rice salad my mother used to make. I call it rice salad “with stuff” because I don’t follow any strict recipe. Usually I use rice (obviously), some shrimps, crab flavoured sticks, tomato, onion and red/green pepper. I cook the rice and the shrimps (separately), chop the onions, the tomato, the peppers and the crab sticks, mix everything and season it with olive oil, vinegar, salt, pepper and oregano. Then I put it in the fridge and serve it cold.
But sometimes I also use sweet corn and chopped ham. Once I even used chopped sausages. It really doesn’t matter what you add to the salad, all you have to make sure is that all tastes good in the end. Give it a try and tell me if you like it. I absolutely love it!

Bolo de limão e sementes de papoila // Lemon and poppy seed cake

(scroll down for english)

show-me-pretty-lemon-and-poppy-seeds-cakeO meu fim-de-semana acabou por ser bem mais preenchido do que previa no final da semana passada mas, mesmo assim, não deixei de fazer o prometido bolo de limão e sementes de papoila. Confesso-vos que cheguei a duvidar que teria alguma coisa para vos mostrar, não apenas porque a consistência da massa me pareceu bastante estranha mas também porque tenho uma grande tendência para desastres culinários no que respeita a bolos, doces e pão (pão então nem vos falo!). Não sendo especialmente apreciadora de doces (sou mais pelos salgados) acabo por praticar muito pouco e quero acreditar que o meu menor jeito para a doçaria seja consequência disto. Mas o facto é este: contra todas as minhas expectativas, este correu muito bem e ficou francamente delicioso. E o melhor é que também tenho uma receita de tiramisú de bolo de limão, para aproveitar as sobras (acreditem que vai sobrar de certeza)!

show-me-pretty-lemon-and-poppy-seeds-cake2 Para quem quiser experimentar, aqui fica a receita.

show-me-pretty-receita-bolo-limao-e-sementes-de-papoila


By the end of last week I thought I was about to have one of those very calm weekends when you stay at home most of the time, enjoying the fact that you can do whatever you want or don’t do anything at all. But unexpected plans came out and I ended up spending most of the weekend outside, walking around Lisbon with the boyfriend, eating great food, and spending time and making plans with a dear friend. But I still found the time needed to bake the lemon and poppy seeds cake I talked you about last week.
I have to admit that, while I was doing it, I had serious doubts about having something to show you, not only because the consistency of the cake batter was very unusual (maybe because of the seeds?) but also because I’m not a very good baker (even though I am pretty good at cooking). The fact is that I’m not a big fan of all things sweet, and since I don’t usually eat them, that means I also don’t practice baking them. But against all odds, everything went well and the cake is really delicious. If you want to give it a try, here’s the recipe. Hope you like it!

show-me-pretty-lemon-and-poppy-seed-cake-recipe-en

Planos para o fim-de-semana // Plans for the weekend

(scroll down for english)

show-me-pretty-planos-para-fim-de-semana

Entre outras coisas, o meu fim-de-semana vai incluir isto. Tenho esta receita há séculos. Primeiro numa revista, depois num email, depois num documento word atirado para dentro de uma das pastas mais desorganizadas do meu computador (que inclui documentos em vários formatos, imagens, notas com links para blogs e sites de culinária, entre mil e outras formas possíveis de acumular receitas de tudo o que possam imaginar) e, mais recentemente (e finalmente!), num cartão da minha caixa de receitas. (Eu bem vos disse que precisava seriamente de organizar a minha vida no que à culinária diz respeito!) Logo vos direi se o resultado é tão delicioso quanto imagino que seja. Bom fim-de-semana! :)

One of the things I’m planning to do this weekend is this recipe I have written in the card you can see in the photo above: a lemon and poppy seeds cake.
I have this recipe for a long time. I first saw it in a magazine, then I wrote it in an email, then I copy pasted it into a word document and now I finally wrote it in one of the cards I designed for my recipes’ box (I wasn’t lying when i told you I needed some serious food-related organization in my life!). In a few days I’ll tell you if this cake is as delicious as I imagine it. Have a nice weekend! :)

{ DIY food } Pãezinhos com chouriço

Os pãezinhos com chouriço que se fizeram por estas bandas no passado fim-de-semana fizeram sucesso na página de facebook do Show me Pretty. Por isso, e como prometido, aqui fica a receita.

show-me-pretty-receita-paezinhos-com-chouriço

Estes da fotografia já desapareceram todos!

(Receita pronta a imprimir, é só clicar na imagem para a visualizar no tamanho máximo, e fazer save as para o vosso computador).

I’M MESSY AND I KNOW IT: organizing meals

(scroll down for english)

show-me-pretty-recipes-cards-back

Foram precisos dois meses (a propósito, alguém me explica como é que já estamos no terceiro mês do ano?) mas, finalmente, comecei a concretizar a minha intenção de organização no que às refeições diz respeito. Arranjei uma caixa (que hei-de pintar futuramente), desenhei e imprimi os cartões para as receitas, fiz separadores para os dividir (a partir de uma caixa de sapatos que estava prestes a ir para o lixo) et voilá!

show-me-pretty-recipes-cards-front

Agora só falta começar a organizar as receitas e, depois disso, a planear as refeições semanais. Devagar se vai ao longe, não é verdade? E eu hei-de lá chegar, nem que sejam necessários mais dois meses.

show-me-pretty-recipes-cards-detail-back

show-me-pretty-recipes-cards-box-insideshow-me-pretty-recipes-cards-folders

show-me-pretty-recipes-cards-box

E como as coisas boas são para partilhar, deixo-vos os cartões que desenhei (frente e verso), para poderem utilizar. É só clicar em cada uma das imagens para abrir no tamanho máximo, fazer save as e imprimir :)

Ah! E entretanto criei um novo board no Pinterest, espreitem-no aqui.

cartao_receitas_azul_verso

cartao-receitas-rosa-verso

cartao_receitas_verde_verso_EN

cartao_receitas_azul_PT

cartao_receitas_rosa_PT

cartao_receitas_verde_PT

It took me two months (by the way, can someone, please, tell me how is it March already?) but I finally started to organize myself when it comes to meals. I found a box (that I plan to paint one of these days), designed and printed recipes’ cards, made some folders (using an empty shoes’ box that I was about to throw away), et voilá! Now I just have to start writing and organizing the recipes and planning the week meals. One step at a time, right? I’m doing it slowly, but I’ll get there, even if it takes me two more months.

And because all the good things should be shared, here’s the cards I designed (front and back). Just click them to get the full size, save them in your computer and print them :)

cartao_receitas_azul_EN

cartao_receitas_rosa_ENcartao_receitas_verde_EN

Oh, I also created a new Pinterest Board, check it out clicking here.

I’m messy and I know it

show-me-pretty-cartoes-receitasOntem ao final da noite, enquanto actualizava a leitura dos meus blogues favoritos (a lista de posts por ler aumentou bastante no meu google reader ao longo últimas duas semanas), não pude deixar de me rir ao ler o último post que a Constança, do Saídos da Concha, escreveu. Porque, à excepção do bebé e da vivência na Nova Zelândia, as palavras dela podiam muito bem ter sido escritas por mim, em especial a parte em que ela diz (e copio):

“Sou uma pessoa organizada mas muito desarrumada (…) As fitas são arrumadas por cores, os talheres todos alinhados nos seus compartimentos, as camisolas de gola alta numa pilha, as de meia-estação noutra. E essas coisas até consigo manter no sítio. Mas o correio, as revistas, os catálogos, os projectos de costura por acabar, os discos e CDs, os papéis, cadernos e notas soltas… nisso sou um desastre.”

Pois é, quem me conhece bem (principalmente em ambientes profissionais), sabe que a organização é o meu nome do meio. Mas no que toca às minhas coisas – e por minhas coisas entenda-se os meus cadernos, os meus projectos, as minhas ideias, as minhas fotografias, os meus CDs, as minhas revistas, as minhas receitas, as minhas notas soltas –  é uma desgraça completa! Escrevo em tudo o que são papéis que me aparecem pela frente, desde o verso dos talões de compras aos envelopes das cartas que me chegam a casa, tudo serve. E como tudo serve, claro que passo a vida a acumular papéis e mais papéis e nem sei bem a quantidade de coisas que acabo por perder/adiar/deixar de fazer à conta disto. E nem sequer vou falar do tempo que perco à procura daquela fotografia em particular que tirei há não sei quanto tempo atrás (sou messy mas com boa memória, principalmente visual), porque isso então chega a ser trágico.

Por isso, uma das minhas grandes resoluções para este ano é, sem dúvida, desmessyficar-me, que é como quem diz, arranjar fórmulas e estratégias para diminuir este pequeno caos. Por muito que gostasse de me juntar à Constança no Life is Messy Bootcamp, para já vou ter de me limitar a dar o meu melhor para me organizar sozinha, aos poucos. E decidi começar pela desmessyficação gastronómica, por várias razões:

  1. perco demasiado tempo a pensar no que vou preparar para as várias refeições da semana e acabo por fazer quase sempre a mesma coisa (por não ter as receitas organizadas num único local, por acabar por empurrar a decisão até à hora da refeição, etc, etc);
  2. tomar estas decisões em cima da hora implica total ausência de planeamento, o que não só me leva de novo ao ponto 1 (passar a vida a cozinhar as mesmas coisas) como também significa que acabo por comer porcarias mais vezes do que deveria ou por fazer viagens desnecessárias ao supermecado. Mais uma vez perco tempo e também dinheiro;
  3. há imenso tempo que ando com a ideia (uma daquelas que deve ter sido rabiscada num qualquer papel solto) de fazer um pequeno arquivo de receitas rápidas para cozinhar durante a semana. Afinal, olhar para receitas concretas é capaz de ser um método mais eficiente do que aquele que uso actualmente: ficar a olhar ora para o ar ora para o congelador à espera que os deuses da culinária desçam em mim e me iluminem.

Por tudo isto, inspirada por uns cartões que a minha irmã trouxe de Londres (os que estão na fotografia), decidi desenhar os meus próprios cartões e começar a construir o meu arquivo de receitas rápidas. Depois é só guardá-los numa pequena caixa e, antes de cada semana começar, folheá-los, escolher as receitas e fazer as compras para a semana de acordo com isso. Simples, não é? Pois é. Resta saber se não me distraio pelo caminho!

Mousse de After Eight

Como prometido na página do Show me Pretty no Facebook, aqui fica a receita da Mousse de After Eight (com morangos).

Uma receita bem rápida e fácil, como gostamos por aqui!
Quem experimentar volte para dizer se gostou :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...