{ DIY FOOD } Rita Mess

Não sou, nem de longe, a maior fã de coisas doces do mundo. Gosto de uma guloseima de vez em quando, mas faço parte daquele grupo de pessoas (que representa uma percentagem mínima da população, parece-me) que comem duas colheres de um qualquer doce e ficam enjoadas e que raramente fazem um bolo porque metade acaba por ir para o lixo.

Mas, dizia eu, de vez em quando apetece-me. E sendo eu uma pessoa que gosta muito de comer e de cozinhar, sou também uma pessoa que não gosta de perder muito tempo na cozinha e, portanto, rápido e prático são palavras de ordem por estes lados. E mais rápido e prático do que a receita que hoje vos trago, garanto-vos, só mesmo comprando feito (e mesmo assim tenho dúvidas!).

show-me-pretty-rita-mess-recipe-2

Num momento de puro egocentrismo resolvi baptizar este doce com o nome de Rita Mess, ou não fosse ele a minha interpretação da famosa sobremesa inglesa Eton Mess.

show-me-pretty-rita-mess-recipe-1

Faz-se em 5 minutos e, idealmente, deve ser comido poucas horas depois de ser feito e refrigerado durante duas ou três horas (embora aguente pelo menos um dia no frigorífico- nunca experimentei mais do que isto -, não sabe tão bem).

show-me-pretty-rita-mess-recipe-3

Desta vez usei apenas framboesas, mas normalmente misturo também amoras e mirtilos e também já experimentei fazer com morangos. Qualquer que seja o fruto vermelho escolhido, o resultado é sempre o mesmo: de-li-ci-o-so! E, para ajudar à festa, também é bonito (taça transparente é, portanto, obrigatória; esta que usei é, mais uma vez, uma vela Tindra da Ikea convertida noutra coisa).

Salada de arroz “com coisas”

(scroll down for english)

Nada me faz ter mais vontade de mudar a minha alimentação toda de uma ponta à outra como a mudança drástica de temperatura (seja para o lado do calor, seja para o do frio).O que significa que, agora que chegou o Verão (chegou, não chegou?), só consigo pensar em coisas leves, frescas, descomplicadas e (ainda mais) rápidas de fazer. Aqui entre nós, devo dizer-vos que desde que regressei de Inglaterra só consigo pensar em melancia mas, azar dos azares, nunca a encontro quando passo pelo supermercado. Por isso, tenho tentado colmatar este desejo por cumprir com refeições frescas, saborosas e que têm sabor a Verão em todos os ingredientes.

show-me-pretty-salada-de-arroz-receita

Neste registo, uma das minhas refeições favoritas para esta altura do ano (e que foi ontem o meu jantar) é uma salada de arroz que aprendi a fazer com a minha mãe. Chamo-lhe “salada de arroz com coisas” porque os ingredientes variam consoante o que tenho em casa. A base é sempre a mesma (esta que vos mostro aqui em baixo), mas podem somar-lhe inúmeras variantes: milho; salsichas; bocadinhos de fiambre aos cubos,…, a imaginação é o limite, desde que no fim tudo bata certo e o resultado da soma seja uma refeição saborosa e fresca.

show-me-pretty-receita-salada-de-arroz

Normalmente nunca faço quantidade para uma só refeição (conservada no frigorífico aguenta pelo menos 3 dias) e seja como prato principal ou como acompanhamento, é uma daquelas receitas que nunca desilude e me deixa sempre feliz. Ora experimentem e vejam se não tenho razão!

When seasons change, the first thing I feel like changing in my daily life (despite my wardrobe) is what I cook and eat.
The weather as been crazy here in Portugal for the last few months. We are known for being a very sunny country, but this year things have been quite different. We almost didn’t have spring and until a couple of weeks ago we kept wearing our coats and, sometimes, even our umbrellas. And then, over night, summer arrived and the temperatures are always above 30ºC. With all this heat, I can only think of fresh, colourful (and easy to prepare) food.
One of my favourites for this time of the year is this rice salad my mother used to make. I call it rice salad “with stuff” because I don’t follow any strict recipe. Usually I use rice (obviously), some shrimps, crab flavoured sticks, tomato, onion and red/green pepper. I cook the rice and the shrimps (separately), chop the onions, the tomato, the peppers and the crab sticks, mix everything and season it with olive oil, vinegar, salt, pepper and oregano. Then I put it in the fridge and serve it cold.
But sometimes I also use sweet corn and chopped ham. Once I even used chopped sausages. It really doesn’t matter what you add to the salad, all you have to make sure is that all tastes good in the end. Give it a try and tell me if you like it. I absolutely love it!

Bolo de limão e sementes de papoila // Lemon and poppy seed cake

(scroll down for english)

show-me-pretty-lemon-and-poppy-seeds-cakeO meu fim-de-semana acabou por ser bem mais preenchido do que previa no final da semana passada mas, mesmo assim, não deixei de fazer o prometido bolo de limão e sementes de papoila. Confesso-vos que cheguei a duvidar que teria alguma coisa para vos mostrar, não apenas porque a consistência da massa me pareceu bastante estranha mas também porque tenho uma grande tendência para desastres culinários no que respeita a bolos, doces e pão (pão então nem vos falo!). Não sendo especialmente apreciadora de doces (sou mais pelos salgados) acabo por praticar muito pouco e quero acreditar que o meu menor jeito para a doçaria seja consequência disto. Mas o facto é este: contra todas as minhas expectativas, este correu muito bem e ficou francamente delicioso. E o melhor é que também tenho uma receita de tiramisú de bolo de limão, para aproveitar as sobras (acreditem que vai sobrar de certeza)!

show-me-pretty-lemon-and-poppy-seeds-cake2 Para quem quiser experimentar, aqui fica a receita.

show-me-pretty-receita-bolo-limao-e-sementes-de-papoila


By the end of last week I thought I was about to have one of those very calm weekends when you stay at home most of the time, enjoying the fact that you can do whatever you want or don’t do anything at all. But unexpected plans came out and I ended up spending most of the weekend outside, walking around Lisbon with the boyfriend, eating great food, and spending time and making plans with a dear friend. But I still found the time needed to bake the lemon and poppy seeds cake I talked you about last week.
I have to admit that, while I was doing it, I had serious doubts about having something to show you, not only because the consistency of the cake batter was very unusual (maybe because of the seeds?) but also because I’m not a very good baker (even though I am pretty good at cooking). The fact is that I’m not a big fan of all things sweet, and since I don’t usually eat them, that means I also don’t practice baking them. But against all odds, everything went well and the cake is really delicious. If you want to give it a try, here’s the recipe. Hope you like it!

show-me-pretty-lemon-and-poppy-seed-cake-recipe-en

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...